CUIDADO! O seu creme dental pode estar te matando!

Descobertas revelam que o flúor pode ser responsável por distúrbios mentais e até câncer. Felizmente, uma alternativa 100% natural pode ser a solução. Continue lendo e descubra como se proteger!


O flúor já foi considerado o ingrediente mais importante dos cremes dentais, mas estudos recentes têm provado que a verdade não é bem assim: cientistas descobriram que o flúor está relacionado a diversos problemas de saúde, incluindo o câncer. 

A equipe do Saúde & Verdade investigou tudo sobre a polêmica e apurou métodos alternativos para cuidar do seu sorriso, como é o caso do uso de um carvão ativado medicinal devidamente certificado. Continue lendo e confira quais são os riscos do flúor e como se proteger deles. Caso queira saber o que usar no lugar do flúor, basta clicar no item 3 do índice.

Índice:

  1. O veneno por trás do flúor;
  2. Os 3 principais problemas causados pelo flúor;
  3. Solução: como cuidar dos seus dentes sem usar flúor!

Para mais informações e referências científicas, acesse a versão estendida da matéria.

O veneno por trás do flúor

O flúor começou a ser adicionado aos reservatórios de água potável ainda no século XX, quando algumas pesquisas indicaram que a sua utilização poderia prevenir as cáries. 

Apesar da boa intenção, o tiro saiu pela culatra. Antes mesmo do fim do século XX, estudos ainda mais aprofundados comprovaram os riscos do flúor para a saúde, incluindo casos de câncer e doenças ósseas.  

Dentifrícios naturais x cremes dentais com flúor: entenda por que a alternativa natural leva vantagem.

Os 3 principais problemas de saúde causados pelo flúor

Em 2017, a Academia Internacional de Medicina Oral e Toxicologia publicou um documento de 95 páginas que comprova todos os perigos do flúor.

Listamos abaixo os 3 principais problemas associados ao uso do flúor. Confira!

#01 Câncer nos ossos:

Inúmeros artigos científicos apontam o flúor como o responsável pelo desenvolvimento do câncer de ossos, da cavidade oral e da faringe, de cólon, de reto e dos órgãos do sistema urinário.De acordo com as fontes, a substância é capaz de provocar a formação de tumores ósseos malignos conhecidos como osteossarcomas. Já pensou no perigo?

#02 Redução da inteligência

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Harvard, o flúor também afeta o desenvolvimento do cérebro de crianças e reduz a inteligência mesmo em concentrações muito pequenas.

#03 Hipotireoidismo

Pesquisas ainda apontam que o flúor interfere na produção de hormônios da tireoide, provocando uma doença conhecida como “hipotireoidismo”. O cansaço, o ganho de peso, a depressão e as dores musculares são só alguns dos sintomas comuns desse distúrbio.

Solução: como cuidar dos seus dentes sem precisar do flúor

Embora os perigos do flúor ainda não sejam tão divulgados pela mídia, os produtos de higiene bucal à base de ingredientes naturais têm se tornado cada vez mais populares.

Uma das alternativas ao uso dos cremes dentais com flúor é o Carvvo, um dentifrício clareador à base de carvão ativado que apresentou estudos científicos à nossa equipe e demonstrou respeito aos parâmetros de segurança estabelecidos pela Anvisa.

Uma alternativa natural e sem flúor é o dentifrício à base de carvão ativado Carvvo.

Segundo as pesquisas mais recentes, o produto é capaz de remover as manchas e bactérias do esmalte, deixando a sua boca limpa e saudável. Além disso, a remoção das manchas acaba tendo um efeito clareador, tornando os dentes mais brancos.

Por não ter gosto e ser feito com ingredientes naturais, o Carvvo não apresenta restrições. O produto ainda oferece 100% de garantia: aqueles que não gostam dos seus resultados de limpeza e clareamento têm até 30 dias para pedir o dinheiro de volta.

Se você não se importa com o gosto ruim e não tem problema em perder 10 minutos diariamente, também é possível utilizar o oil pulling, uma técnica natural que consiste em bochechar óleo de coco.

Os principais benefícios desta técnica são a redução das placas bacterianas e do sangramento nas gengivas e a melhoria do hálito.

E você, o que pensa sobre toda essa polêmica do flúor? Concorda com os estudos que demonstram que esse aditivo é um risco? Você utiliza ou utilizaria um dentifrício alternativo, como o Carvvo? Caso deseje saber mais sobre esse dentifrício, consulte o portal www.carvvo.com.br.

Para mais informações e referências científicas, acesse a versão estendida da matéria.